A união homoafetiva foi reconhecida pelo STF por unanimidade nesta quinta-feira dia 05 de maio, compensa ler a íntegra do voto do ministro Ayres Brito que deu uma aula de cidadania e da constitucionalidade dos direitos homoafetivos. Todas falácias contra estes direitos, contra a união, assim como contra o PLC122 ...